Trilhas da Imensidão
A inspiração é o encontro perfeito das palavras e a imaginação. Aventure-se.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Áudios

Vento de Chuva- Giselle Sato
Data: 21/11/2008
Créditos:
EDIÇÃO- MIKROFOM
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


O vento forte  anunciou  a tempestade. Soprou o frio das montanhas geladas.
Arrancou  folhas e embalou  os sinos. Em rodamoinhos de poeira, cegou os andarilhos.
As roupas no varal pareciam criar vida e o ruído similar ao rugido dos felinos assustou os amantes.
O céu assumiu a escuridão e afugentou a tarde silenciosa.
Trovoadas, raios riscando o horizonte e os primeiros pingos de chuva. 





Orquestrada em perfeito espetáculo,  a natureza mais uma vez surpreendeu. A terra agradeceu,  exalando o cheiro gostoso de planta molhada, enquanto as crianças espiavam ansiosas.

Estio. Pelas ruas, a molecada em algazarra pisoteou a lama, chapinhou pelas poças das calçadas, as bicicletas derrapando no  chão molhado em tombos inevitáveis.

Da janela do quarto assisti à brincadeira,  meninos e meninas rindo para o sol, cantavam versos:- sol e chuva casamento de viúva, chuva e sol casamento de espanhol...

Cortinas abertas, renovando o ar viciado e triste.  A solidão deslizou pelas sombras e perdeu-se em um bueiro qualquer. Já foi tarde.





revisado por Sonia Claro
Enviado por Trilhas da Imensidão em 16/06/2008

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários

A Pequena Bailarina
Assassinos S/A II
BECO DO CRIME
Meninas Malvadas
POETRIX
Trilhas da imensidão- Contos de Terro...
Site do Escritor criado por Recanto das Letras